Noticias

Tecnologia para recrutamento: empresa local usa inteligência artificial para o RH

By 12 de julho de 2019 No Comments

A Era da Transformação Digital chegou ao processo de seleção e recrutamento. Aliás, foi mais longe ainda e permite o inverso: que os profissionais no mercado de trabalho possam escolher a empresa que deseja trabalhar. Isso graças ao trabalho pioneiro da HumanAZ, a única startup de Atração & Seleção do Brasil e plataforma para o chamado banco de competências – com tecnologia – para empresas e profissionais.

Já era o tempo das longas entrevistas, de testes psicotécnicos e currículos de papel para convencer os recrutadores que o funcionário está apto a exercer a função desejada na empresa. Apague tudo isso. O desenvolvimento tecnológico já está em campo para auxiliar o departamento de Recursos Humanos e também o Departamento Pessoal em instituições dos mais variados negócios.

O petropolitano Rodrigo Curcio, CEO & fundador da HumanAZ, explicou que a Transformação Digital já impacta em vários setores da sociedade, entre eles nos negócios que envolvam empresas e suas escolhas. Segundo ele, a plataforma utilizada por sua empresa conecta uma proposta inovadora no campo do recursos humanos, com o uso da inteligência artificial para a escolha das melhores competências.

Antes de apresentar a um grupo de empresários petropolitanos, Curcio mostrou a empresas como a Tim, Organizações Globo e Nextel – para dizer algumas – o modo de funcionamento dos algoritmos que ajudam naquilo que chamou de “atração e seleção de profissionais” de acordo com as demandas.

“Os profissionais terão um único espaço para destacar suas competências e também aprender mais sobre como potencializá-las, aumentando suas chances de atrair uma empresa conectada com seus propósitos e competências na Região Serrana”, explicou o CEO e fundador da HumanAZ, feliz com a possibilidade de conquistar espaço em Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo.

“A proposta da plataforma HumanAZ é criar um único canal para contratação e capacitação, em tempo real, de empresas e profissionais. A empresa, recrutador, headhunter e RHs terão acesso a mais inovadora tecnologia e avançada metodologia com competências para atrair e selecionar profissionais”, acrescentou o empresário, que ao ser indagado sobre o retorno de seu trabalho: “o investimento é do tamanho do seu negócio”.

O funcionamento não é tão complicado assim. Os algoritmos usados para o funcionamento do mecanismo digital é potencializado na inteligência artificial. Tudo isso no campo tecnológico. As informações enviadas por aqueles que querem um lugar na empresa são analisados em tempo real, e dá as respostas sobre quais as competências têm e o tipo de trabalho adequado a ela na empresa. Por isso, esse negócio que está começando no Brasil pode ser uma ferramenta eficaz para as melhores escolhas para determinados setores do empreendimento.

“A inteligência artificial entende a lógica humana e essa plataforma ficará mais próxima do mercado. O currículo é um texto de dados que, após analisado, é decodificado em algoritmos que vai ser simplificado para o RH da empresa”, frisou Rodrigo, que em breve disponibilizará a ferramenta também para aqueles profissionais que buscam um lugar no mercado de trabalho, indicando quais as empresas estão contratando e suas demandas internas. “O propósito é oferecer também uma plataforma que visa melhorar a produtividade para as empresas, ao mesmo tempo busca encontrar maior satisfação para as pessoas”, finalizou ele.

Leave a Reply