Noticias

Tecnologia de Petrópolis em evento Internacional

By 2 de agosto de 2018 No Comments

Como sede do principal parque tecnológico do interior do Estado do Rio de Janeiro, Petrópolis é considerada pelo setor tecnológico um campo fértil para inovação e desenvolvimento econômico. O Serratec tem parceria com mais de 350 empresas que oferecem as mais diversas soluções na área da tecnologia e comunicação para indústria e comércio, no país e no exterior. Recentemente, a Neki it, uma das empresas de soluções de software parceiras do Serratec, foi selecionada para participar do Tech Emerge Health Brazil, um dos principais eventos de estimulo ao desenvolvimento de negócios em soluções para empresas do sistema de saúde brasileiro. E foi destaque na feira com a apresentação de uma solução que proporciona maior integração entre médicos e hospitais com os planos de saúde.

Neste encontro apenas 42 empresas de tecnologia de nove países foram selecionadas para apresentar seus produtos. Segundo a IFC, membro do Grupo Banco Mundial e organizadora do evento, foram 295 solicitações de 34 países. O evento aconteceu nos dias 28 e 29 de junho, em SID Paulo.
A Tech Emerge cria uma rede de contatos entre grandes empresas da área da saúde e empresas de desenvolvimento em soluções de software e hardware, incentivando o crescimento e a inovação tecnológica das empresas. A Neki it foi a única empresa selecionada na cidade, e para o diretor de produtos e estratégias Tiago Ferreira, é uma excelente oportunidade de crescimento de negócio para empresa, e de incentivo no ramo tecnológico no município.

A participação nesses eventos da visibilidade ao parque tecnológico e publicidade ao município. O polo é diversificado, tem mão de obra qualificada e tem capacidade para aumentar ainda mais”, destacou. A Neki It, nasceu em 2002, no LNCC — Laboratório Nacional de Computação Científica, desenvolve soluções de software, serviços e consultoria para grandes operadoras de planos de saúde como Golden, Sulamerica, Unimed e Amil. Hoje, tem sede na Serracop e atende clientes de todo o Brasil, e também no Canadá e Estados Unidos.

Investir em inovações tecnológicas é recurso para aquecimento econômico local – Cada dia mais tem se tornado necessária a criação de estratégias para impulsionar o setor tecnológico e o desenvolvimento econômico da cidade. Nesta semana, o Distrito de Inovação da Serra (DIS) e o Serratec promoveram o evento “Investimento em Startups: da inovação ao desenvolvimento”, para debater o fomento ao empreendedorismo como solução para o mercado e o promover um encontro com os investidores da cidade. O evento aconteceu na última quarta-feira, no Serratec. Teve o lançamento dos Programas Startup Rio Serra, Sai do Papel (pré-aceleração e aceleração) e, ainda, os Programas de Aceleração da Firjan. Cada programa possui critérios próprios e vem definidos de seleção e condução dos projetos de startup ao investimento. “Quando se fala em inovação devemos pensar como uma estratégia para movimentar e criar o desenvolvimento econômico. A tecnologia cria uma economia limpa e sustentável. Aquece a mão de obra local, porque é uma mão transversal porque os estudantes que se formam na cidade são aproveitados nas empresas locais, e geram o desenvolvimento aqui mesmo”, disse Luis Fernando Pessoa, CEO do DIS e assessor de estratégia do Serratec. O Programa Startup Rio Serra foi realizado em parceria com a Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social (SECTIDS), e tem o objetivo de promover soluções de “smart cities”, com foco em mobilidade urbana, segurança, saúde e educação, utilizando tecnologias, como big data, inteligência artificial, realidade aumentada e internet das coisas. Segundo Luis Fernando, o princípio para a participação neste programa é a criação de projetos com foco no crescimento local. “Queremos criar uma sinergia entre os três setores: o parque, a academia e o LNCC. Aproveitando os profissionais que são formados aqui, incentivamos a inovação desses jovens. É uma grande oportunidade de geração de empregos e economia sustentável”, completou.

 

fonte: Tribuna de Petrópolis

Leave a Reply