Noticias

StartUp petropolitana cria game mobile

By 8 de junho de 2015 No Comments

 

Ter uma ideia genial e transformar essa ideia em uma empresa de sucesso é o desafio de muitos jovens, que na era da informática e dos “celulares inteligentes” apostam cada vez mais nas startups – empresas recém-criadas e que ainda estão em fase de desenvolvimento, mas mesmo nesse processo desenvolvem produtos para mercado, mesmo que ainda em fase de teste. Em Petrópolis, cinco amigos decidiram criar a Hot PotatoGames. A desenvolvedora que começou com o objetivo de criar animações, simulações e maquetes eletrônicas, mostrou seu perfil startup ao decidir, logo no início da trajetória da empresa, migrar para o mercado de games para celulares. E foi assim que surgiu o Lilguy, o jogo gratuito para aparelhos do sistema Android e que está disponível para downloads na Play Store, desde o dia 19 do mês passado.
 
“A história é bem simples. O Lilguy, que é o protagonista do jogo, é um garoto tímido, que tem uma paixão pela Marrie, que estuda com ele. Ele escreve uma carta para ela e o objetivo do  jogador é fazer com que essa carta chegue até a Marrie, vencendo obstáculos e ainda pegando uns doces no caminho”, destaca João Paulo Lacerda, o responsável pela arte conceitual do  game, as- ‘Startup’ petropolitana cria game mobile divulgação sim como também pela direção de arte e a finalização, além do design dos layouts, personagens e as animações.
 
O João tem 23 anos e não é o mais novo do grupo. “O mais novo tem 21 e o mais velho 29”, informa o futuro técnico em Tecnologia da Informação, curso pelo qual três dos membros da Hot  Potato estão se formando pelo Faculdade Tecnológica do Estado do Rio de Janeiro. “Eu, Nicholas e Guilherme estamos nos formando em TI pela Faeterj Petrópolis. Já o Victor e Renato estão  se formando em Administração pela Fase”, afirma João, que conta que para dar início à startup foi necessário primeiro vencer um processo seletivo feito pelo Laboratório Nacional de  Computação Científica–LNCC. “Lá nós usamos a infraestrutura como internet,luz,computadores. Precisamos primeiro fazer com que o projeto fosse aprovado no edital de startups deles”,  destaca.
 
Desde fevereiro, a equipe da Hot Potato vem trabalhando no desenvolvimento do game, que não foi o primeiro projeto lançado na Play Store do Google. “Antes, até para testar a plataforma do Google Play, nós lançamos o SK8 For Your Life. Tivemos um bom feedback. Foram pouco mais de 100 downloads, mas mais de 10 mil visualizações”, conta o estudante de TI, que espera que o novo game chegue a 50 mil downloads até o mês que vem.
 
No projeto, foram investidos pouco mais de R$ 18 mil. O retorno financeiro, que vem através do espaço publicitário disponibilizado no jogo – que é gratuito para os usuários – ainda não cobriu o custo do investimento, mas a empresa petropolitana está otimista com a plataforma. “Ainda não fizemos as ações de marketing e estamos desenvolvendo novos pacotes de power ups para jogo”, destaca João, que conta inda que o feedback par tornar o jogo mais divertido para o usuário vem das ruas de Petrópolis. “Fizemos um pesquisa de mercado com as pessoas, para ver o que elas estão achando do jogo. Por causa desses feedbacks nós mudamos o jeito com que jogo é jogado, adicionamo uma forma de jogar sem o acelerômetro para facilitar o gameplay e também adicionamos o tutoriais graças ao feedback das pessoas”, pontua João.
 
Entre as maiores dificuldades enfrentadas pelos desenvolvedores do game foi administração do tempo. “Perdemos muito tempo, porque planejamo mal. Isso não faríamos de novo gastaremos mais tempo planejando o GDD para os próximos (jogos) antes de pôr a mão n massa literalmente”, avalia João, que ainda reclama da burocracia que as startups enfrenta no Brasil e a dificuldade de encontrar estrutura como a que existe no Vale do Silício, nos Estados Unidos para este tipo de empresa. “Desde o início, a principais dificuldades foram onde trabalhar e dinheiro. Onde trabalhar, o LNCC resolveu por nós.O dinheiro nós conseguimos com um sócio investidor”, informa. A estrutura da equipe que hoje compõe a Hot Potato é formado por dois administradores, u artista e dois programadores que são eles Renato Antunes, Victo Ribeiro, João Paulo Lacerda Nicholas Blanda e Guilherme Rodrigues, respectivamente.

Leave a Reply