Noticias

Serratec se torna associação sem fins lucrativos

By 13 de junho de 2019 No Comments

 

Para estimular a inovação nas três cidades serranas (Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo), o Serratec foi lançado oficialmente como instituição sem fins lucrativos nessa última quarta-feira (12.06). A solenidade, que ocorreu no auditório do LNCC, contou com a participação de mais de 100 pessoas, entre empresários das três cidades e representantes dos poderes federal, estadual e municipal. Dados do Serratec apontam que, na região serrana, são mais de 170 empresas diretamente ligadas ao serviço de tecnologia, que empregam mais de 3 mil pessoas. Em Petrópolis são 100 empresas que empregam cerca de 2 mil pessoas. O setor também fatura na cidade R$ 355 milhões anuais. A expectativa é de aumento para os próximos anos: crescimento de 6% no número de empresas até 2021 e 12% na contratação de mão de obra, mais 3.360 empregos na área.

Como forma de incentivar o desenvolvimento econômico e sustentável regional, foram formatados a Diretoria Executiva, o Conselho Fiscal e o Conselho Consultivo do Serratec, composto por empresários e representantes do segmento.

A intenção da presidência do Serratec é de que, com a nova formulação, sejam construídos pilares e metas que preveem a constituição de cursos de qualificação para mão de obra, a construção de um portal de negócios, com a apresentação de soluções, demandas, banco de currículos, tudo estruturado para fortalecer o arranjo produtivo local.

“Nosso objetivo é engajar todos os setores para fortalecer o desenvolvimento baseado na tecnologia e o Serratec será o catalisador desse movimento. O Serratec pode ajudar novas empresas a se estruturar, poderá realizar convênios e estabelecer metas para desenvolver a inovação nos três municípios. Hoje, temos mais de 170 empresas de tecnologia na região, mas, a expectativa, é de aumento em 6% do setor nos próximos anos”, explicou Marcelo Carius, CEO da Neki-It e presidente do Serratec.

Ainda de acordo com levantamento do Serratec, o setor deve gerar mais 3.360 empregos em toda a região serrana, um crescimento de 12%. O faturamento também deve aumentar 30% até 2021.

“É um setor importante, que vem crescendo a cada ano e investindo em mão de obra qualificada. Temos universidades que formam jovens cada vez mais antenados que podem ser aproveitados nessas empresas, mas, também queremos que esses jovens se tornem empreendedores e invistam na inovação. Temos tudo para crescer e o Serratec vai se consolidar como ponto de referência para novas empresas”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

Na ocasião, empresários das três cidades demonstraram o apoio ao Serratec. Julio Talon, presidente da Firjan e da GE Celma, falou um pouco sobre a experiência de sucesso da empresa na cidade, que cresceu e tem intenção de crescimento de 40% nos próximos anos, graças ao investimento em inovação e mão de obra qualificada.

“Qualificação de pessoas foi essencial para o crescimento da empresa. Hoje, 2900 pessoas trabalham em cinco oficinas da empresa. A possibilidade de crescimento é real e estimamos em 40% nos próximos anos, o que significa aumento de vagas. E é isso que precisamos para crescer, investimento nas pessoas. Petrópolis tem capacidade de crescimento e acreditamos muito nisso por isso estamos aqui, fortalecendo o Serratec”, disse Julio Talon.

Paulo Alvim, secretário de Empreendedorismo e Inovação, representando o Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, também parabenizou a iniciativa. “Fortalecer a cultura da inovação faz toda diferença no crescimento desse setor. Estamos avançando, produzindo riqueza através do universo de conhecimento que a região serrana tem e isso é maravilhoso não só para as três cidades, mas para todo Brasil”, disse.

“Parabenizo o Serratec pelo esforço em prol do desenvolvimento da área tecnológica e a prefeitura que vem se mostrando uma grande apoiadora do setor”, afirmou o diretor do LNCC, Augusto Gadelha.

 

fonte: Acontece Petrópolis

Leave a Reply