Noticias

Parceria entre o LNCC e SiBBr auxiliará na conexão de bancos de dados sobre biodiversidade e ecossistemas brasileiro

By 4 de julho de 2013 No Comments

Parceria entre o LNCC/MCTI e o SiBBr auxiliará na integração de diversos bancos de dados sobre a biodiversidade e ecossistemas brasileiros.


O Brasil é um país que possui aproximadamente 13% da biodiversidade da Terra. A conservação e o uso sustentável dessas riquezas biológicas exigem que governantes e outros órgãos políticos tomem decisões racionais sobre o uso e gestão do solo baseados na mais precisa e atual informação. A situação do Brasil é que grande parte dessa informação está incompleta, espalhada por diferentes instituições, e indisponível em formatos facilmente acessíveis ou relevantes politicamente. Diante desta constatação sentiu-se a necessidade da criação e implantação de um Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira, o SiBBr.


O Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira (SiBBr) será um sistema online que integrará informações sobre a biodiversidade e os ecossistemas brasileiros de diversas fontes nacionais e estrangeiras para subsidiar a pesquisa e apoiar os tomadores de decisões na criação e implementação das políticas públicas. Assim o SiBBr contribuirá para melhoria da capacidade brasileira em conservar e utilizar a biodiversidade.


O conhecimento sobre a biodiversidade brasileira é importante para auxiliar na sua conservação, facilitar os serviços ambientais a ela associados e contribuir, com consciência, no aproveitamento sustentável desse rico capital natural; em atividades como agricultura, medicina, indústria.


O objetivo deste projeto é garantir o uso de dados na elaboração e implementação de políticas, facilitando e integrando a informação sobre biodiversidade na tomada de decisões e nos processos de desenvolvimento de políticas.

O projeto é composto por três vertentes importantes: A consolidação da infraestrutura, instrumentos, ferramentas e tecnologias necessárias para qualificar, reunir e disponibilizar online e gratuitamente a informação de biodiversidade contida em coleções de recursos biológicos do país; A ampliação de bases de conhecimento da biodiversidade nacional e a capacidade de gestão e aquisição de informações da mesma e a gestão das informações, a fim de desenvolver aplicativos e oferecer serviços que atendam as exigências da sociedade e permitam aos tomadores de decisão estabelecer políticas que integrem os objetivos de conservação e uso sustentável da biodiversidade nas operações dos setores produtivos.


O projeto é compatível com a política ambiental brasileira e enquadramentos legais, incluindo a Política Nacional do Meio Ambiente, o NBSAP e o Plano Estratégico do MCTI. O projeto está em plena conformidade com todas as normas nacionais pertinentes, legislação e acordos internacionais.


A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP/MCTI), o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC/MCTI) e o Centro de Referência em Informação Ambiental (CRIA) são os principais parceiros do projeto, responsáveis pelo desenvolvimento e pela hospedagem do sistema.


LNCC, como uma liderança nacional  é líder em Computação Científica e Modelagem Computacional no país, atua como unidade de pesquisa científica e desenvolvimento tecnológico do MCTI e como órgão governamental provedor de infraestrutura computacional de alto desempenho para a comunidade científica e tecnológica nacional. No LNCC será desenvolvido o portal de dados do sistema, que integrará diversos bancos de dados já existentes nessa área no país. O SiBBr será também o nó brasileiro no GBIF (Global Biodiversity Information Facility), uma infraestrutura internacional de dados sobre biodiversidade.  (http://www.gbif.org/).


 O Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira (SiBBr) é uma iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) em cooperação com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e o Fundo Mundial para o Meio Ambiente – GEF (Global Environmental Facility). O SiBBr visa integrar informações sobre a biodiversidade e os ecossistemas brasileiros, atualmente dispersas em bancos de dados de diversos órgãos governamentais e outras fontes. O intuito é ter um sistema online com informações de qualidade tanto para servir ao desenvolvimento das pesquisas científicas como para embasar políticas públicas.


É importante destacar, que o SiBBr não substituirá os bancos de dados existentes, somente integrará as informações neles disponíveis. Assim as instituições e pesquisadores continuarão tendo a autoria dos dados reconhecida e terão a possibilidade de escolher qual informação integrar ao SiBBr.


Fonte: SIBBR

Leave a Reply