Noticias

Migração para nuvem levará aos lares aparelhos ativados por sensores

By 6 de março de 2013 No Comments

A vida digital dos consumidores mudou do PC para a nuvem pessoal, e isso produzirá impactos importantes na sua interação com serviços online. Eles irão cada vez mais interagir com múltiplos aparelhos conectados e ativados por sensores. Terão acesso a aplicações e serviços que criam ecossistemas conscientes e que funcionam em qualquer plataforma ou sistema operacional.


A afirmação é do Gartner, empresa de pesquisa que apresentará no próximo dia 9 de março, em conferência, as principais tendências e oportunidades em mobilidade.


A empresa de pesquisa define computação consciente como uma “evolução natural de um mundo conduzido não por dispositivos, mas por coleções de aplicativos e serviços que se ampliam por meio de múltiplas plataformas e que existem fora de telas conectadas, como telefones, tablets, PCs ou TVs.”


Nesse novo mundo, as aplicações se tornam cientes de ação e inação, o que significa, segundo o Gartner, que não precisam ser ligadas ou desligadas.


“Uma das experiências da computação consciente é que os dispositivos que levam o conhecimento caem em um chamado ‘espaço invisível”, diz Elia San Miguel, analista do Gartner


A analista define esse “espaço invisível” como uma combinação de aparelhos e serviços unidos para formar uma experiência que não se consegue perceber no dia a dia — os dispositivos invisíveis e conscientes vão de relógios de pulso e porta-chaves a termostatos e sapatos.


“Na prática, os consumidores esquecerão que carregam o aparelho, que ele está desgastado ou usado até que precisem interagir com os mesmos para controlar ou obter um retorno, em termos de dados ou de informação”, diz Elia, que vê os serviços e ecossistemas de nuvem pessoal como o centro da experiência do consumidor digital.


“Combinados com conexões cada vez mais onipresentes, os aparelhos conscientes oferecem novas oportunidades de conduzir à adoção de novos dispositivos, aumentar serviços de nuvem pessoal e agir como um ponto de inflexão para a adoção da plataforma do consumidor’, diz.


A expectativa da especialista é que cresça o uso de múltiplos dispositivos nos lares na medida em que os novos aparelhos digitais ficam menores, conectam-se a aplicações de automação residencial e de aptidão pessoal e aumentam a funcionalidade do usuário.


Serviço:
Conferência Gartner Infraestrutura de TI, Operações e Data Center
Datas: 9 e 10 de abril
Local: Sheraton São Paulo WTC Hotel – Avenida das Nações Unidas, nº 12.551, São Paulo (SP)
Horário: a partir das 8h


Fonte: Webexpoforum

Leave a Reply