Noticias

LNCC trará para Petrópolis o maior supercomputador da América Latina

By 13 de janeiro de 2014 No Comments

Até junho deve ser instalado em Petrópolis, no Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), o supercomputador que, aliado a Rede Metropolitana de Alta Velocidade, permitirá a Prefeitura oferecer as empresas de telecomunicações e outras uma conexão de internet com alta velocidade. Este foi o anúncio feito pelo secretário municipal de Ciência e Tecnologia, Airton Coelho, durante entrevista exclusiva a Tribuna, quando falou da importância da rede o desenvolvimento econômico da cidade.
 
A vinda do supercomputador, produzido pela empresa francesa Bull, foi resultado de um encontro ano passado entre o prefeito Rubens Bomtempo e o ministro da Ciência, Teconologia e Informação, Marco Antonio Raupp, depois que o Governo Municipal mostrou que tem infraestrutura para receber o equipamento e o centro de pesquisa da empresa francesa Bull. Segundo o secretário Airton Coelho havia mais duas cidades na disputa para receber o supercomputador – Brasília e Campinas.
 
Ainda segundo o secretário, para Petrópolis receber o equipamento bastava solucionar o problema de infraestrutura e isto foi feito em três meses ano passado, quando conseguiu implantar o projeto da Rede Metropolitana de Alta Velocidade que estava parado desde 2010. “Em três meses solucionamos os problemas e mostramos ao ministro que tínhamos a estrutura necessária para receber o supercomputador e ele por conhecer a cidade, onde foi diretor do LNCC, decidiu por Petrópolis”.
 
O supercomputador é o primeiro equipamento instalado pela empresa Bull, que também vai instalar um centro de pesquisas de alto desempenho e trabalhar em parceria com o LNCC. O secretário disse que a instalação da empresa francesa é o primeiro passo para que outras possam ser instaladas na cidade utilizando a rede de alta velocidade, como a universidade federal pública, com curso tecnológicos.
 
Na avaliação do secretário Airton Coelho este curso é fundamental para preparação de mão de obra qualificada na área de tecnologia. A Rede Metropolitana de Petrópolis já instalada liga a Prefeitura, LNCC, CEFET, Fiocruz, Universidade Católica de Petrópolis e o Museu Imperial. O município pretende expandir a rede rapidamente para atender outras instituições e aumentar o grau de cooperação e colaboração das instituições de ciência e tecnologia instaladas em Petrópolis.

 

 

Leave a Reply