Noticias

LNCC firma acordo de cooperação com universidade alemã

By 11 de novembro de 2015 No Comments

lívia müller
Redação Tribuna

 

Na manhã de ontem, o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC/MCTI) firmou um acordo de cooperação com uma das maiores universidades alemãs, a Friedrich-Alexander- Universität Erlangen-Nürnberg (FAU). A delegação visitou as instalações do laboratório e conheceu o Supercomputador.

 

O selamento o acordo, que foi bem-vindo para ambas as partes, permitirá que os estudantes da FAU utilizem o LNCC como centro de pesquisa. Da equipe do LNCC  participaram da visita Abimael Loula, Alexandre Grojsgold, Wagner Léo e André Novotny.

 

A delegação foi liderada pelo vice-presidente para Assuntos Internacionais, professor Dr. Günter Leugering; a chanceler, Dra. Sybille Reichert; a Diretora  de Marketing e Comunicação, M.A. Blandina Mangelkramer; o Diretor Executivo, Dip. -Ing., Tobias Zobel; e a Diretora Executiva do Centro Universitário da Baviera para América Latina (BAYLAT), Dra. Irma de Melo-Reiners.

 

O professor André Novotny falou que a reunião foi uma formalização do acordo que depende de recursos para se manter.“O acordo de três anos é uma colaboração para o desenvolvimento internacional de pesquisas estudantis”, fala. O diretor-executivo da FAU, Tobias Zobel, disse que a FAU tem um histórico de colaboração e uma cultura de pesquisa interdisciplinar que também envolve indústrias e pesquisadores.

 

Ele contou que a FAU tem o foco em algumas regiões como na Coreia, na China e no Brasil.“Aqui estamos falando sobre projetos e workshops para juntar pesquisadores que têm o mesmo foco.Os projetos da universidade no LNCC iniciarão com a pesquisa em ciência e engenharia”, afirma.

 

A FAU foi fundada em 1743 e, atualmente, tem cerca de 39.628 estudantes, 244 programasde graduação, 4.000 de pessoal acadêmico (incluindo mais de 580 professores) e 500 parcerias com universidades em todo o mundo.A Universidade tem grande foco na pesquisa, foi considerada a sétima melhor universidade na Alemanha e se destaca em muitas áreas, especialmente na Engenharia Mecânica, Química e Física…

Leave a Reply