Noticias

Convênio vai permitir instalação da UFF em Petrópolis

By 31 de julho de 2014 No Comments

 

 

 

 

Na manhã desta quarta-feira foi assinado no prédio do antigo Ciep do Quitandinha, um convênio para a instalação de um campus da Universidade Federal Fluminense, UFF, em Petrópolis. O local vai passar por uma reforma que deve se estender por cerca de seis meses, para abrigar a unidade de ensino. A previsão é que as aulas comecem em março do ano que vem. Inicialmente será oferecido o curso de Engenharia de Produção, voltado para área tecnológica.
 
As aulas serão presenciais e os estudantes interessados nas vagas deverão ser admitidos por meio do Exame Nacional do Ensino Médio, Enem, escolher estudar no campus do município. No início será feito um concurso para que dez professores atuem especificamente na região. Mas tarde há expectativa da realização de um novo concurso para a escolha de mais dez profissionais.
 
Para a efetivação da parceria o antigo prédio da da Faculdade de Medicina, localizado na estrada da saudade, foi cedido pela prefeitura para a instalação do Centro de Educação Superior a Distância do estado do Rio de Janeiro (Cederj), que funcionava no antigo Ciep, e para a criação de um Centro Vocacional tecnológico.
 
De acordo com o prefeito Rubens Bomtempo, essa é a consequência do trabalho de diversas pessoas que já atuaram e atuam na cidade. “ A universidade é uma vitória histórica para a cidade. Além disso, promete fortalecer o projeto Petrópolis Tecnópolis. Esse é um deseje que existe desde a minha geração e os jovens de hoje vão poder finalmente usufruir dessa medida. O município também deve ganhar bastante com isso, tendo em vista que Universidades Federais sempre são um atrativo para profissionais de vários setores”, afirmou.
 
Para o secretário de ciência e tecnologia de Petrópolis, Airton Coelho Vieira Junior, a vinda da UFF para a cidade fara com que o município passe a produzir mão de obra capacitada. “Mais doutores e professores irão se fixar na cidade, vai aumentar a possibilidade da criação de novos cursos de graduação, técnicos e até mestrados relacionados a área tecnológica. A expectativa é que pelo menos 80 professores doutores se fixem em Petrópolis após a abertura efetiva do campus”, contou.
 
Na ocasião também estavam presentes o reitor da Universidade Federal, Robert de Souza Salles e diversos alunos do ensino público da cidade. De acordo com o presidente do grêmio estudantil do Colégio Estadual Princesa Isabel, Lucas da Cruz Alves, a notícia da vinda da UFF é gratificante. “O prefeito afirmou que outros cursos virão para cá e que aos poucos a nossa geração poderá contar com novas medidas como essa. Estamos muitos felizes e satisfeitos em ver a evolução da cidade com relação a educação”, disse. 

Leave a Reply