Noticias

Computação Científica: Estágio Atual e Desafios

By 25 de julho de 2013 No Comments

Nesta quarta feira, dia 24 de julho de 2013, Professor Dr. Pedro Leite (Diretor do Laboratório Nacional de Computação Científica – LNCC/MCTI) proferiu a palestra ” Computação Científica:  estágio atual e desafios” aqui na ARENA da ExpoT&C (65ª Reunião Anual da SBPC – Recife)


Com uma pergunta inusitada ao tema da palestra, Professor Pedro Leite propôs uma reflexão inicial, questionando “quais seriam as formas de lidarmos com as incertezas em nossos desafios profissionais”? Didaticamente e com muito bom humor ele sugeriu que poderíamos ter muita fé e torcer para que tudo de certo; poderíamos nos desesperar ou até mesmo não fazermos nada e ignorar as incertezas; porém, diante destas três opções não conseguiríamos resolver efetivamente nossas questões profissionais.


Após esta breve introdução ele mostrou a importância da Computação Científica e da Modelagem Computacional para lidarmos com as incertezas e favorecer nossas análises e resoluções em questões profissionais, científicas e tecnológicas. Vista como “facilitadora interdisciplinar” a Computação Científica auxilia no avanço de desenvolvimento de modelos para testar hipóteses e prever a evolução de processos e fenômenos.
O progresso da Computação ao longo dos últimos 30 anos, também foi abordado durante a palestra; mostrando seu avanço na capacidade de comunicação, armazenamento e processamento. Este desenvolvimento e transformação tiveram forte impacto não só no crescimento da Computação Científica como em todas as áreas de pesquisa.

Professor Pedro Leite abordou sobre a importância da Computação Científica e sua utilização em várias profissões como, por exemplo, na Engenharia, com a simulação e cálculos de sustentabilidade de obras; na Farmacologia, na modelagem de fármacos; no clima, em previsão ambiental; na Engenharia do Petróleo; Medicina; Ecologia e etc.

Finalizando a palestra, Professor Pedro Leite falou a respeito da importância do Sistema Nacional de Processamento de Auto Desempenho (SINAPAD) e relembrou o anuncio feito pelo Ministro da Ciência Tecnologia e Informação, Dr. Marco Antônio Raupp – na abertura oficial da 65ª Reunião Anual da SBPC – onde o Ministro comunicou a aquisição de um computador com capacidade de 2 petaflops para o SINAPAD. (https://www.lncc.br/sinapad/index.php)

Este novo computador irá proporcionar uma maior prestação de serviços de Processamento de Alto Desempenho (PAD) para universidades, institutos de pesquisa e outras instituições, públicas e privadas e aumentar o desenvolvimento de produtos e aplicações de PAD entre outros.

Com o tema central “Ciência para o Novo Brasil” a 65ª Reunião Anual tem ao total 266 atividades as quais estão presentes pesquisadores renomados do Brasil e exterior e gestores do sistema estadual e nacional de C,T&I. Estão acontecendo esta semana 82 conferências, 87 mesas-redondas, 60 minicursos, 16 encontros, nove sessões especiais, seis simpósios e seis assembleias. (http://www.sbpcnet.org.br/recife/home/)

Recife é uma cidade veterana em reuniões anuais da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). A 65ª Reunião Anual da SBPC será a quinta edição na capital pernambucana. Os encontros realizados em Pernambuco são marcados por muitas novidades e um clima de descontração.

Leave a Reply