Noticias

Coletiva detalha informatização da saúde

By 21 de fevereiro de 2014 No Comments

 

O governo municipal apresentou ontem a empresa Eco Sistemas, responsável pela informatização de toda a rede municipal de saúde, que inicialmente será feito pela chamada porta de entrada, que são os prontos-socorros, as UPAs e os postos de saúde da Posse e Pedro do Rio. O objetivo é, segundo afirmou o prefeito Rubens Bomtempo, ter o sistema todo informatizado com a implantação do prontuário eletrônico de cada paciente, permitindo que as informações sobre tratamento, medicamentos e exames realizados possam ser vistos em qualquer unidade de saúde onde for atendido.

 

Para o secretário de Saúde, André Pombo e para o secretário de Ciência e Tecnologia, Airton Coelho Vieira Junior, este será um grande ganho do sistema, pois hoje, quando o paciente é atendido numa emergência, o médico não tem como saber quais os medicamentos e exames a pessoa fez e precisa perguntar ao paciente ou seus familiares. De acordo com o sistema, cada paciente atendido terá uma linha de atendimento, onde será possível acompanhar a realização dos procedimentos realizados, assim como os remédios que utiliza.

 

O prefeito Rubens Bomtempo destacou a importância da informatização, frisando que é um marco importante para a cidade, frisando que este investimento faz parte das realizações em 2014 para a área de saúde. Ao apresentar um breve balanço das medidas tomadas, como o convênio com a Clínica Tannure para realização das cirurgias de catarata e a instalação de sistema próprio para cirurgia vascular no Hospital Alcides Carneiro. O prefeito frisou ainda que será criado um novo modelo de administração para o HAC, pois o atual está reprovado juridicamente.

 

A empresa Eco Sistema foi a vencedora da licitação realizada pela Prefeitura, por meio do gerenciamento da Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia, com um contrato de 12 meses, no valor de R$ 5.640 milhões. O prefeito Rubens Bomtempo e o secretário de Saúde, André Pombo disseram que a Secretaria de Ciência e Tecnologia foi fundamental para este processo de informatização.

 

A informatização do serviço de saúde pública de Petrópolis começa na próxima semana, com reuniões setoriais, tendo como meta atender inicialmente as chamadas portas de entrada, que são o Pronto Socorro do Hospital Municipal Doutor Nelson de Sá Earp, o Pronto Socorro Leônidas Sampaio, as duas UPAs (Centro e Cascatinha), emergência do Hospital Alcides Carneiro e os postos de saúde de Pedro do Rio e da Posse. Nesta unidades haverá a classificação de risco, como já é feito nas UPAs.

 

O segundo passo da informatização envolve os postos de saúde, que estão definidos como linha de cuidado e preventiva. Nestas unidades o médico terá acesso ao prontuário do paciente e a informação sobre a sua linha de cuidado, sabendo quais os exames e tratamento que foram realizados, assim como o medicamento que está sendo usado pelo paciente.

 

Além dos secretários municipais, participaram da reunião os vereadores Pastor Sebastião, Silmar Fortes, Luizinho Sorriso, Roni Medeiros, Thiago Damaceno e servidores de diversas áreas da Prefeitura. Os mais interessados foram os servidores da Saúde, que eram a maioria na apresentação do sistema de informatização realizada no Theatro Dom Pedro. Alguns profissionais de saúde fizeram perguntas, entre elas sobre a segurança da informação sobre dados sigilosos. Técnicos da empresa Eco, garantiram que o próprio sistema já faz esta hierarquização de informação, garantindo o sigilo de informação para que não seja público, mas acessado apenas pelas pessoas interessadas .

 

 

Leave a Reply