Noticias

20 Campanha Mútua-Gesto Solidário auxilia famílias de Petrópolis em vulnerabilidade durante a pandemia

By 27 de julho de 2020 No Comments

Petrópolis, 24 de julho de 2020 – O Instituto BioMob (www.biomob.org), a Guarda Civil Municipal de Petrópolis (www.petropolis.rj.gov.br/ssp/index.php/guarda-civil.html), o Serratec (www.serratec.org), o Mercoserra (www.mercoserra.org.br) e o Instituto TIM (institutotim.org.br) uniram forças para minimizar os impactos sociais causados pela pandemia da Covid-19 para 750 petropolitanos em situação de vulnerabilidade. Através da campanha intitulada Mútua-Gesto Solidário, 128 famílias em vulnerabilidade, de 23 comunidades de Petrópolis, vêm recebendo doação de cestas básicas desde junho – ação que se estenderá por três meses consecutivos, até agosto de 2020. As famílias assistidas fazem parte tanto do cadastro da Guarda Civil Municipal de Petrópolis como dos registros do Instituto Biomob, ONG que desenvolve projetos e ações de diversidade e inclusão e apoia famílias de pessoas com deficiência e em vulnerabilidade em Petrópolis e em outros municípios do Brasil. Na lista de comunidades beneficiadas estão Corrêas, Dr. Thouzet, Quissamã, Alcobaçinha, Carangola, Bairro da Glória, Madame Machado, Vale do Cuiabá, Siméria, Independência, Castrioto, Valparaiso, entre outros, cobrindo diferentes localidades do município de Petrópolis.

“Para nós é importante mostrar para as pessoas que somos uma Guarda Cidadã e não uma Guarda truculenta. Muitos ainda têm a visão de que nós só atuamos para reprimir, coibir, intimidar. Mas, pelo contrário, temos o nosso lado humanitário, podemos acrescentar, ajudar as pessoas que precisam. Nossa Guarda é presente dentro do nosso município. Nós somos uma Cidade Imperial, mas temos pessoas que precisam de alimentos, de afetividade, de atenção, temos pessoas carentes de solidariedade. E esse é o espírito de uma Guarda Cidadã, ser uma Guarda solidária e fazer o que podemos por cada comunidade”, diz a comandante da Guarda Civil de Petrópolis, Cláudia da Conceição.

Além de buscar apoiar pessoas em vulnerabilidade, enfocando a segurança alimentar, durante este período de crise, a Campanha Mútua-Gesto Solidário foi estruturada também em outros conceitos-chave, como: levar alimentos frescos e saudáveis às famílias beneficiadas, inclusive orgânicos, fortalecendo produtores locais, e privilegiar as compras em pequenos mercados de bairro. “Nosso objetivo é realizar uma ação integrada que possa, de um lado, privilegiar pessoas com deficiência e em vulnerabilidade. Ao mesmo tempo, pretendemos impactar, o máximo possível e positivamente, toda uma cadeia. Porque, ao final, fazemos isso pelas pessoas, que, em diferentes medidas, estão sendo afetadas por esta crise. E nossa forma de trabalhar é atuando em rede, pois só assim acreditamos que podemos verdadeiramente ampliar o impacto de ações dessa natureza”, explica Valmir, criador e sócio diretor do Instituto Biomob, que conta que a cesta básica traz 12 itens, incluindo, além dos alimentos tradicionais e não perecíveis, também frutas da estação, legumes e verduras.

A compra das cestas é feita com recursos doados por empresas associadas ao Serratec e ao Mercoserra e também pelo Instituto TIM, cuja participação na campanha permitiu que ela se estendesse até agosto.

Sobre o Serratec

O Serratec – Parque Tecnológico da Região Serrana é uma instituição sem fins lucrativos e desempenha o papel de fomento do arranjo produtivo do setor de Tecnologia da Informação (TI) da Região Serrana do Rio de Janeiro, tendo como pilares as cidades de Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo. Reunindo universidades, centros de pesquisa, órgãos governamentais, agências de fomento e empresas de TI, o Serratec dá contorno ao maior parque tecnológico do interior do Estado, com localização estratégica e o único do Brasil com atuação regional e não restrito a uma área geográfica limitada. Atualmente, o setor conta com 170 empresas, que empregam cerca de três mil funcionários e uma movimentação de aproximadamente R$ 550 milhões/ano nas três cidades principais.

Sobre o Mercoserra

O Mercoserra é uma agência de desenvolvimento econômico e sustentável da Região Serrana do Rio de Janeiro, cuja missão é fortalecer a integração e a economia dos três principais municípios que constituem sua área de atuação: Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo. Suas ações estão voltadas principalmente para o incremento do turismo da Serra Verde Imperial e de vocações econômicas que estimulem negócios, como compra e venda de produtos e serviços que têm origem na Região.

Sobre o Instituto TIM

O Instituto TIM tem como missão criar e potencializar recursos e estratégias para a democratização da ciência, tecnologia e inovação, promovendo o desenvolvimento humano, utilizando a tecnologia móvel como um dos principais habilitadores. Define sua atuação em projetos focados em quatro pilares: Ensino (projetos educacionais para crianças e jovens); Aplicações (soluções em software livre); Inclusão (difusão do conhecimento) e Trabalho (novas oportunidades de atuação e capacitação).

Em parceria com diversas instituições federais e aproximadamente 70 secretarias municipais e estaduais, como de Educação, Cultura e Planejamento em todo o País, as ações do Instituto TIM já alcançaram cerca de 500 municípios, em todos os 26 estados e Distrito Federal, beneficiando mais de 700 mil pessoas, especialmente, crianças de 6 a 12 anos.

Sobre o Instituto Biomob

O Instituto Biomob é uma organização sem fins lucrativos especializada no suporte a empresas e instituições públicas para a qualificação de estruturas em atendimento às necessidades da pessoa com deficiência e à diversidade de gênero. Atua também no advocacy pelo cumprimento e aprimoramento de políticas públicas que visam a melhoria da qualidade de vida de pessoas com deficiência. Atualmente, em função da pandemia da Covid-19, tem liderado também ações em assistência a pessoas em alta vulnerabilidade social.

Sobre a Guarda Civil de Petrópolis

A Guarda Civil de Petrópolis é uma das mais antigas do país, com 96 anos de serviços prestados à população. Criada para cuidar de bens, serviços e instalações públicas, hoje a instituição tem um papel importante para a segurança do município. Coordena, junto com outras forças de segurança, a central de monitoramento da cidade, participa de operações de combate ao tráfico de drogas e proteção de público com o canil e também atua na orientação do trânsito. Mas também tem se dedicado, cada vez mais, ao lado social: o canil realiza terapia com pacientes em tratamento de câncer, o trabalho de Ronda Escolar promove palestras para estudantes sobre bullying, são realizadas campanhas de doação de sangue e de alimentos, entre outras ações.

Leave a Reply